DOENÇA NA VISÃO ESPIRITUALISTA


A doença na Visão Espiritualista
Algumas doenças podem ser provenientes de vidas passadas, de acordo com a visão espiritualista, pois a alma está diretamente ligada a um segundo corpo, um veículo energético da psique humana que sobrevive após a morte física, renascendo num outro corpo físico. Mas nem sempre indicam a repressão de alguma dor emocional de uma vida anterior. Podem ser a necessidade do "Eu Superior" para se manifestar e assim alertar o indivíduo de que ele está conduzindo sua missão de maneira errada.

A doença é uma maneira de voltar-se ao rumo certo, quando saímos da nossa trajetória. Por isso, não deve ser vista como inimiga, pois todo problema tem uma solução e toda doença tem uma cura. Ela também pode ser um caminho para desenvolver potenciais criativos, pois para cada um de nós está reservada a tarefa de evoluir. Se você não está bem, isto pode indicar que está tomando decisões erradas; não podemos esquecer que o homem tem o livre-arbítrio, ou seja, ele é responsável por todas as suas ações.

Curar-se significa reconciliar-se com Deus e uma enfermidade não pode ser vista como um infortúnio, mas uma dádiva. Jesus, o Salvador, não evitou o sofrimento, pelo contrário; Ele compreendeu a sua missão e assim transformou o mundo.

Quando ficamos doentes, demoramos para entender que a doença é de certo modo uma "prova" para aprendermos à religare com Deus.

Nesta ocasião, usamos imediatamente a palavra "sacrifício", depois de saber a maratona de exames e visitas periódicas ao médico; mas essa palavra expressa "renunciar, abandonar ou perder algo", e no sentido literal significa "tornar sacro". Às vezes, se faz necessária a renúncia, para conhecermos a nossa verdadeira missão. Como podemos confortar os necessitados se nunca passamos por uma situação semelhante? Aprendemos com o sofrimento para adentrar ao portal da paz, que é sobremaneira estreito e ninguém pode atravessá-lo senão nós mesmos. Sempre expliquei em minhas palestras que a doença faz parte de um processo evolutivo; é a vida acontecendo! Portanto, não desista da cura e da vitória; persista. Tenha plena certeza de que os anjos estarão ao seu lado, confortando-o nos momentos difíceis!

Para melhorar os sintomas destas doenças, que tal começar mudando o comportamento em relação à vida e com os que convivem?

Algumas enfermidades podem estar relacionadas às dificuldades que você pode estar passando. Veja alguns exemplos:

Bexiga/rins: é exatamente no chackra (ponto energético) supra-renal que as mágoas se acumulam. Não é por acaso que, em uma situação de separação, os envolvidos desenvolvam alguma doença relacionada aos rins.

Boca: a boca e os dentes representam a família. Se você é o esteio dela, o responsável por tomar as decisões, é alguém propenso a ter problemas nesta parte do corpo.

Coluna: quem tem problemas na coluna geralmente gosta de fazer tudo sozinho para depois reclamar que ninguém "deu uma mãozinha".

Estômago: este tipo de enfermidade quase sempre se manifesta em uma pessoa que guarda para si as dificuldades. Na maioria das vezes, é introvertida, mas que demonstra uma "falsa" calma e tranquilidade.

Fígado: aparece em alguém que costuma acumular a raiva dentro de si. Procure liberar este sentimento e não guarde rancor de ninguém.

Laringe e garganta: sintomas que podem aparecer nesta região, geralmente atingem uma pessoa muito teimosa. É importante também liberar a sua criatividade. Fale, exponha suas ideias, mesmo correndo o risco de elas não serem aceitas.

Ossos: se você sente dores nos ossos, significa que é muito crítico com aqueles que o rodeiam, sejam estes amigos, familiares, colegas de trabalho etc. Não persista em algo muito complicado para não trazer mais problemas com os ossos de seu corpo. 

Pâncreas: onde é produzida a insulina (sucos digestivo), ou seja, é agressivo e de natureza yang. Sua redução leva aos sintomas da diabete. Aqui simboliza a dificuldade em aceitar e entregar-se ao amor.

Pulmão: quem faz tudo correndo e várias coisas ao mesmo tempo, muitas vezes, acaba por não terminar nenhuma de suas tarefas. Em alguns casos, pode indicar o sentimento de "troca" refletindo desde um simples resfriado a um problema de asma ou bronquite. É comum ao nascer o segundo filho que o primeiro apresente alguma enfermidade nos pulmões.

Seios: os seios representam o símbolo máximo da mulher e, por extensão, a maternidade. Refletem a necessidade da ternura e proteção. Quem tem problemas nos seios indica que é extremamente protetora da família (especialmente dos filhos) e dos amigos.

NAMASTÊ
Fonte:Monica Buonfiglio

LISTA DE CURA "ESTRELA SOLAR"

PARA PARTICIPAR DA CURA E ENERGIZAÇÃO À DISTÂNCIA, ESCREVA O SEU NOME COMPLETO, DATA DE NASCIMENTO E A CIDADE ONDE RESIDE E FAÇA O SEU PEDIDO.

VOCÊ PODE PEDIR AJUDA PARA SI, UMA PESSOA AMIGA, UM FAMILIAR, PELA HUMANIDADE OU PELO PLANETA.

LISTA DE CURA E ENERGIZAÇÃO


















Postagens Populares

SIGA ESTE BLOG E FAÇA PARTE DESSA FAMÍLIA DE LUZ.